#MulhercomMgrande,  Essential Life

Ingredientes tóxicos em cosméticos e produtos de higiene

Esta foto foi tirada 2 anos antes da escrita deste artigo, no momento em que comecei gradualmente a fazer a mudança e passagem para produtos mais naturais.

É estranho olharmos para um rótulo e não sermos capazes de identificar os ingredientes que os compõem.

Quando iniciei esta caminhada de perceber o que poderia fazer diferente para promover hábitos mais saudáveis e aumentar as minhas probabilidades de engravidar deparei-me com esta questão.

Usamos diariamente uma enorme quantidade de produtos nocivos e tóxicos para o nosso organismo. Desde que acordamos até que nos deitamos: o champô e gel de banho, o desodorizante, o creme hidratante, a maquilhagem…e continuamos a fazê-lo ao usar produtos de limpeza em casa.

Ora, porque continuam a circular? Por sinal alega-se que as quantidades presentes são mínimas…o que não é considerado é o facto de essas quantidades mínimas se encontrarem em todos os produtos usados pela maioria das pessoas. Imagina, usares 10 produtos diariamente ao longo de dos anos! A nossa pele é um orgão altamente permeável, o que significa que irá absorver tudo o que lhe pusermos em cima.

Se, por um lado, alguns efeitos do uso destas substâncias se traduzem em irritações, eczema, alergias ou fotossensibilidade, por outro lado os riscos maiores não são imediatos e alguns destes ingredientes estão associados a questões de fertilidade (entre outros)

Muitas vezes dou por mim a pensar “Porquê?”. Porque continuam a produzir produtos sabendo que são usadas substâncias prejudiciais à nossa saúde (e ao ambiente). Após uma breve pesquisa, percebi:

Então, quando começaram a aparecer os primeiros cosméticos estes ingredientes foram essenciais para obter os resultados esperados. Mesmo após se perceber e associar estas substâncias a problemas de saúde…essas substâncias continuam a ser usadas. São usadas para conservar, para dar cor, textura, cheiro, para fazer espuma…

Na busca de mais informação sobre o tema cruzei-me com este vídeo que me parece explicar muito bem como funciona esta industria. Espreita abaixo e tira as tuas próprias conclusões.

Porque sei que pode ser um “bicho de sete cabeças” decifrar a lista de ingredientes nos rótulos dos produtos, deixo aqui uma lista de alguns a evitar!

FTALATOS

Para identificares no rótulo: DBP, DEHP, DIDP, FRAGANCE, PARFUM, DEP OU PHTHALATE.

FORMALDEÍDOS

Para identificares no rótulo: DMDM HYDANTOIN, FORMALDEHYDE, IMIDAZOLIDINYL UREA, GLYOXAL, SODIUM HYDROXYMETHYLGLYCINATE, DIAZOLIDINYL UREA, POLYOXYMETHILENE UREA

PARABENOS

Para identificares no rótulo: METHYLPARABEN, ETHYLPARABEN, BUTYLPARABEN ou outro componente terminado em PARABEN.

ALUMÍNIO

Para identificares no rótulo: ALUMINIUM, CHLOROHYDRATE

A lista é imensa! Para te ajudar a teres sempre a mão criei uma lista de ingredientes (estes acima e mais uns quantos) que deves evitar nos produtos que usas diariamente. Junta-te ao nosso grupo Exclusivo para teres acesso a todos estes conteúdos!