5 passos para alcançares os teus objetivos

Estás a definir objetivos que são realmente o que queres para a tua vida? Ou estás a seguir a corrente do que parece giro moda ou interessante? Estás efetivamente no controlo da tua vida ou entraste na roda do hamster e nem deste conta?

Na roda do hamster, Mariana? Sim, por vezes entramos no modo automático de vida. Vamos seguindo ao sabor da corrente e nem nos apercebemos para onde estamos a ir. Nunca te aconteceu?
É como entrar numa roda de hamster e achares que estás a avançar imenso e na verdade não estás a sair do sítio. Yep! Been there, done that!


Vamos então ver alguns pontos que podem ajudar-te realmente a traçares e alcançares os objetivos que queres, de forma consciente. Não vou entrar aqui nos pormenores técnicos dos objetivos.

Apenas em modo superficial reforçar que deves ter presente quando crias um objetivo:

  • que este seja específico (definires exatamente o que queres),
  • que possas medir (definir a quantidade, o valor, o número concreto),
  • que seja alcançável (suficientemente ambicioso mas viável de ser alcançado no prazo e tendo em conta os recursos que o tens disponíveis).
  • que seja relevante (estar alinhado com os teus valores e a vida que queres viver).


Há vertentes que definem que o objetivo bem definido deve ter um prazo específico aqui tenho uma visão um pouco diferente que partilho numa próxima oportunidade. Sim, é importante ter um prazo que te oriente e, sim, para alguns objetivos há mesmo prazos concretos a considerar. [falaremos deste ponto noutra altura]


Vou agora partilhar o que na minha perspetiva pode fazer diferença para viveres a vida que queres… traçando objetivos concretos.


Então o primeiro passo será:

1 – Saber o que queres alcançar.

Andar à deriva de vez em quando também sabe bem e faz falta mas é importante ter um farol que nos guia e oriente o caminho. Teres presente o que queres e o que não queres na tua vida é parte desse farol. Sabes o que queres de verdade na tua vida? Nas diferentes áreas da tua vida? Repara, terás objetivos mais grandiosos e assustadores e outros possivelmente à “distância de um braço”. Os objetivos que vais definir devem ser os que te fazem criar a vida que queres viver e efetivamente começar a vivê-la.
[Que frustração será passar uma vida a deixar de viver para alcançar o grande sonho e olhar para trás e ver o que se deixou de viver! Já pensaste sobre isto?]
Que objetivos e sonhos são esses? Passa-os para o papel … agora mesmo!

2 – Porquê?

Porque é que é importante para ti alcançar esses objetivos? Como te vais sentir quando o fizeres? Que impacto terá na tua vida e na vida dos que te rodeiam? O caminho nem sempre vai ser fantástico e um mar de rosas. A vida continua e há obstáculos, desafios, frustrações…Este “porquê”, e tê-lo bem presente vai ajudar-te a manter o foco e a motivação quando te sentires a ficar perdida. Isto leva-nos ao ponto seguinte.

3 – O que precisas fazer para o alcançar?

Bem, sabemos que é necessária a ação para que haja resultados, portanto será necessário que ponhas a mão na massa. Para os objetivos maiores e a mais longo prazo é importante e facilita imenso o processo definires metas intermédias. Ou seja, estabelece os passos que são necessários para chegares ao objetivo final. Nesta fase vais definir as ações e hábitos concretos que vais implementar e te vão conduzir passo-a-passo ao objetivo final. Teres estas metas intermédias vai ser também muito útil para avaliar o teu progresso e saberes se estás no caminho certo. Vê o ponto seguinte.

4- Como sabes se estás no caminho certo?

Ora, para saber se estás no caminho que pretendes é necessário que…avalies! Exatamente! É importante que cries momentos regulares de avaliação e planeamento. Fazendo esta avaliação consegues perceber o progresso que estás a fazer, o que está a funcionar, o que precisa ser alterado. É um momento para refletir no porquê e perceber se estás no caminho que realmente queres… E não na roda do hamster (acredita! é muito fácil entrar na roda do hamster sem dar conta). Os momentos de avaliação podem ser ajustados de acordo com o objetivo e o timing. De uma forma geral, poderá ajudar a manter o foco se fizeres avaliações regulares – semanais, mensais, trimestrais…
O último ponto que quero deixar nesta partilha é:

5 – Procura ajuda e/ou inspiração de alguém.

Por vezes (diria sempre), é bem mais fácil se tivermos apoio, orientação, dicas de quem já percorreu o caminho que estamos a percorrer. E porquê? Porque essas pessoas já cometeram erros que te podem ajudar a evitar. Já desenvolveram estratégias e competências que te podem ajudar a chegar mais rápido onde queres. Porquê cometer erros repetidos se podemos aprender e ter inspiração de quem já alcançou? Se não for alguém que já fez o caminho que queres fazer, que seja alguém que te motive e te ajude a manter focada e recorde do caminho do teu porquê. O LifeGym surgiu, também, para dar resposta a este ponto. Teres uma comunidade a fazer o mesmo caminho que tu… esse caminho de criar uma rotina que serve a vida que queres viver!


Foi útil esta partilha? O que já fazes e o que achas que podes melhorar para começares a viver a vida que realmente queres?

6 vantagens de teres um negócio online

Os teus clientes estão maioritariamente e cada vez mais no mundo online…capacita-te disso! Mesmo que o teu negócio tenha uma base física [uma loja, um escritório, um atelier…] torna-se essencial ter presença no mundo virtual se quiseres levar o teu negócio para um patamar mais além.

Quais são então algumas vantagens de ter um negócio online?

A primeira eu diria que é uma das mais importantes para mim – LIBERDADE.

A liberdade de poderes trabalhar onde e quando quiseres. Basta um pc ou tlm, acesso a rede de internet e já está! Ter esta liberdade de poder decidir onde podemos trabalhar [literalmente a partir de qualquer ponto do mundo] e também a liberdade de definirmos quando trabalhar. Desta forma conseguimos conciliar com tudo o que nos é importante e assim conseguir manter o equilíbrio e harmonia que queremos na nossa vida.Também é importante para ti este ponto?

A segunda vantagem é o facto de poderes AUTOMATIZAR o teu negócio ou, pelo menos, partes dele.

O negócio online permite-te recorrer a algumas ferramentas que possibilitam a automatização de alguns procedimentos que facilitam a tua vida! Envio de emails, acompanhamento de clientes, agendamento de publicações, envio de newsletters… Numa fase inicial dá imenso trabalho pôr toda a máquina a funcionar mas é mais simples do que parece [falo por experiência] e há várias ferramentas gratuitas que te podem ajuda no início!

O negócio online tem a vantagem de ser ESCALÁVEL

Isto significa que o mesmo produto criado uma só vez pode ser vendido vezes ilimitadas. desta forma, pode alcançar um público maior sem mais investimento. Por exemplo, se és formadora sabes que para ter retorno das formações presenciais tens que estar presente em todas. Já no caso do online podes criar um produto que seja escalável, ou seja, uma formação/curso/workshop que crias uma vez e vendes diversas vezes (sem necessidade de estar presente). Já tinhas pensado nisto?

Baixo investimento inicial

Sim, não refiro sem investimento pois estaria a passar uma informação errada! Para teres sucesso tem que existir investimento…podendo não ser financeiro terá que ser definitivamente o investimento do teu tempo, determinação, foco, conhecimentos, trabalho… E este é um investimento muito importante. Dependendo do teu negócio podes até começar sem qualquer investimento financeiro (assumindo que já usas internet e tens telemóvel e não estarias a pagar mais para pôr o negócio a funcionar). No entanto, sugiro que invistas pelo menos no domínio e alojamento do teu site. Para outras tarefas há várias ferramentas online gratuitas que facilitam o teu trabalho e servem perfeitamente numa fase inicial se não quiseres/puderes fazer qualquer investimento financeiro.

Integrar empresas de Marketing Multinível já estabelecidas

Porque integro o marketing multinível como vantagem? Porque efetivamente pode ser uma opção se não tens paciência nem disponibilidade para a preparação de tudo o que é necessário. Estas empresas têm já toda a estrutura, catálogo, comunicação, formação… só tens que usufruir e investir o teu tempo [algumas empresas não cobram qualquer tipo de valor de adesão e outras cobram, normalmente em troca de um kit para iniciares o teu próprio negócio. Fica atenta às empresas que escolhes abraçar. Estuda e avança com a(s) marca(s) com que te identificares e que sejam legítimas.

A tua FELICIDADE

Se estás no meu blog é porque um dos teus objetivos é teres a tua vida equilibrada, plena e em harmonia. É porque queres encontrar um caminho para transformar as tuas paixões no teu próprio negócio online. Poderes fazer o que amas e “encaixares” o teu negócio na tua vida ideal só pode significar… Felicidade [a tua felicidade!]. Acertei?

Podes iniciar essa caminhada sozinha subscrevendo estes 7 passos para criares o teu próprio negócio.

Ou se preferires, junta-te ao prograMa com M grande. Envia mensagem para saberes mais informações.

 

6 dicas para seres mais produtiva

6 dicas para seres mais produtiva

Produtividade, procrastinação, gestão de tempo, ladrões de tempo… já ouviste falar de tudo isto? Muitas vezes damos por nós assoberbadas de trabalho e parece que o dia não pára, passa a correr, fazemos mil e uma coisas, estamos sempre ocupadas… mas ao final do dia percebemos que não fizemos o que era realmente essencial para nos aproximar dos objetivos que traçamos.

Já te aconteceu? Se estás a ler este artigo e procuras opções para gerir melhor o tempo, acredito que sim!

Então estas dicas são para ti se estás a criar o teu próprio negócio e o tempo parece não chegar para tudo:

PLANIFICA. Ao fazeres um planeamento consegues antever algumas ações essenciais que têm que ser feitas e assim começar a preparar gradualmente. Sugiro que partas de uma planificação para 18 meses e vás compartimentando a partir daí até teres blocos de 90 dias. Estes 90 dias serão então divididos em planos de ação de 21 dias.

PRIORIZA. Define quais são as ações essenciais da semana – aquelas que têm mesmo que ser feitas para teres os resultados pretendidos.

BLOCOS DE TEMPO. Organiza a tua agenda por blocos de tempo de 1h. Ao teres a agenda já organizada desta forma sabes em que dia/hora te vais dedicar a determinada tarefa e asseguras que atuas em todas as áreas do te negócio. [Por exemplo, segundas às 14h dedicas 1h à comunicação no facebook, às 15h escreves o artigo para o blog. Às terças às 14h o trabalho é orientado para contactos e follow up aos teus clientes…] Desta forma não te sentes sobrecarregada pois cada ação tem um dia para ser concretizada.

NOTIFICAÇÕES OFF. Parece algo tão básico mas que nos rouba tanto tempo! A cada mensagem, a cada notificação no facebook, a cada email recebido lá vais pegar no tlm e quando dás conta já passou mais tempo do que pretendias e a tarefa importante que tinhas entre mãos não fica concluída em tempo útil. Já te aconteceu? O ideal é que, no teu período de trabalho desligues as notificações [desliga o wifi no tlm e mantém as janelas fechadas no pc. Evita todas as distrações possíveis.

DESLIGA O TELEMÓVEL. Se estiveres a trabalhar no computador desliga o tlm se for opção (se não aguardares chamadas urgentes). Na impossibilidade de desligar ou se estiveres a trabalhar no tlm, tira o som e filtra as chamadas. Atende apenas se for mesmo urgente. Se não for ou se não souberes de quem é a chamada, ignora no momento e volta a ligar quando terminares a tarefa que tens em mãos.

AGREGA. Há tarefas semelhantes ou que são realizadas com os mesmos meios ou ferramentas que devem ser agregadas e realizadas de uma só vez. Por exemplo, se tens correio ou encomendas para enviar define 1 ou 2 dias por semana para o fazer e envia tudo o que tens até ao momento. Se tens emails para responder define na tua agenda um momento para isso e envia/responde a todos nesse bloco de tempo.

Dica Bónus – Multitasking – Cautela e bom senso com esta amiga (ou será amigo?). Multitasking e produtividade não conjugam [apesar da aparente sensação de se fazer muita coisa ao mesmo tempo]. No entanto há alguns momentos que podes rentabilizar fazendo mais que uma tarea em simultâneo, desde que uma das tarefas não implique atenção e concentração absoluta. Por exemplo, algumas vezes uso o momento em que estou a tratar da roupa ou a preparar as refeições para ouvir uma aula ou um audiobook. Nestas stuações pode ser viável o multitasking. À parte disso não o faças para bem da tua produtividade.

Há algumas ferramentas que te podem ajudar nesta tarefa de simplificares e gerires melhor o teu tempo. Vou também partilhar contigo aqui no blog.

Foi útil esta partilha para ti? O que fazes no teu dia-a-dia para seres mais produtiva?

Mariana, a tua Mentora com M grande.

Os 7 “nãos” do teu sucesso!

Como assim? É verdade… vou partilhar contigo 7 “nãos” que deves ter presentes para alcançares o sucesso que realmente desejas!

Preparada?

Não vivas os sonhos de outras pessoas! Vive os teus próprios sonhos!

Quantos sonhos foram deixados de viver porque o pai, a mãe, a amiga achava que tínhamos mesmo jeito para… ou se tínhamos feito aquele curso então teria que ser esse o caminho a seguir? [ou tantos outros exemplos que poderia dar!]

Não adies os teus sonhos!

Eu sei, às vezes parece demasiado difícil, não tens a certeza se és capaz, não sabes bem por onde começar, com quem falar, não tens tempo, não tens dinheiro… e um sem fim de desculpas e argumentos que te vais dando a ti própria para continuares a adiar…o teu sonho!

Não permitas que ninguém te diga que é impossível!

Ai… o impossível! Conheces a célebre frase de Nelson Mandela “Parece impossível até que seja feito”? Se acreditas, se te faz vibrar, se queres com toda a força e energia então… torna possível e não permitas que te digam o contrário. Não percas tempo a justificar, age e mostra o resultado!

Não fiques a assistir à história da tua vida. Sê a personagem principal

Já te sentiste como o hamster na rodinha… corre, corre, corre e não sai do sítio? Assume o controlo da tua vida e da história que queres criar.

Não desanimes ao primeiro “não”!

Vais ouvir muitos “nãos”, muitos percalços e desafios, muitas situações que te farão sair da tua zona de conforto. Aceita, cria soluções, aprende e evolui.

Não desistas. Encontra novos caminhos!

Vais ter momento em que só te apetece desistir e “mandar tudo às urtigas” [ai, como te compreendo!]. Faz parte. Pára, reencontra-te, aceita e segue [um novo caminho se for o caso]. Nunca desistas de ti e dos teus sonhos!

Não cries desejos. Cria metas concretas!

Ora, tão importante este ponto. Por vezes divagamos entre o “gostava tanto de…” e o “ai se eu pudesse…”. Lembra-te TUDO é POSSÍVEL! Define metas concretas para saberes exatamente onde, quando, como queres chegar. Só assim poderás atestar que foste bem sucedida! [talvez te interesse este artigo sobre metas]

E são estes os 7 “nãos” que queria partilhar contigo! Concordas? Qual foi o mais impactante para ti?

Estes são também alguns aspetos importantes que transmito às minhas clientes e que as ajuda a ter sucesso! Se também procuras ter sucesso no teu negócio ou estás na fase inicial de querer criar o teu negócio então convido-te a integrar o prograMa com M grande.

Vamos lá trazer a mudança que desejas à tua vida?

Torna os teus sonhos realidade!

Olá Mulher Maravilhosa!

Sabes, eu já estive como tu. A sentir-me perdida, a saber que queria fazer algo diferente mas sem saber o quê nem por onde começar! Conheces essa sensação?

Queria mais tempo e, acima de tudo, mais liberdade. Mais liberdade para trabalhar onde, quando e com quem quisesse. Mais liberdade para fazer as coisas que gosto, viajar e desfrutar da vida sem sobressaltos enquanto me dedicava a algo que me apaixonava. Este era o meu sonho!

Mentira… este É o meu sonho e é isso que estou a construir! Qual é o TEU SONHO?

Sabes, vai sempre existir quem te tente desanimar e até derrubar… és mais forte que eles desde que o teu sonho seja realmente forte! Eu sei, já passei e provavelmente vou continuar a passar por situações dessas. São esses obstáculos que me tornam mais forte e mais certa do meu caminho!

Eu sou a Mariana, sou a tua Life Designer e posso ajudar-te a também encontrares essa liberdade, esse equilíbrio que procuras para te poderes dedicar ao que realmente amas! Vou ajudar-te a criares o teu negócio, a tirares os teus sonhos da gaveta e a torná-los reais! Porque eu comecei onde te encontras e sei que é possível!

Desenhei um prograMa com M grande com todos os passos que precisas para criares o teu negócio a partir dos teus sonhos! É um programa de 7 semanas que inicia com o teu sonho e termina com o teu negócio em funcionamento. Só depende de ti onde queres chegar! Fica atenta à página para saberes quando abre o próximo grupo.

Se não tens a certeza que este programa é para ti proponho-te começares por este passo a passo que te envio por email e que podes ir fazendo ao teu ritmo!

Eu não tenho…

Então foca-te no que tens! 🙂

Há a grande tendência para nos focarmos no que não temos, no que nos falta, no que faríamos se… no que faremos quando… Concordas?

O momento certo para começar é AGORA com o que TEMOS no momento. E este TEMOS vai muito

além do ter material, do ter palpável. Engloba o nosso SER e SABER.

O que temos hoje podemos deixar de ter um dia destes mas o que somos e o que sabemos só depende de nós e permanece e evolui connosco. Este raciocínio faz sentido para ti?

Consegues identificar que recursos tens disponíveis que podes começar a usar hoje mesmo?

Queres uma ajuda? Faz uma lista para cada ponto abaixo:

*As minhas qualidades/defeitos/características pessoais – quem SOU

*Os meus conhecimentos – o que SEI e/ou SEI FAZER

*Quem conheço que me pode ajudar – quem CONHEÇO

*Recursos físicos – o que TENHO

 

Para te ajudar com mais algumas dicas espreita no canal Com M Grande o vídeo que fiz a propósito deste tema!

Partindo destes pontos, deixo-te um desafio: cria uma lista com os teus 30 recursos e partilha aqui nos comentários ou no nosso grupo Grow com M grande.

Mariana Matos