11 dicas para uma entrada no jardim de infância mais tranquila

Para muitas famílias amanhã (re)começam as rotinas escolares! É o caso na tua família?

Hoje a partilha é para aqueles que vão ingressar o pré-escolar pela primeira vez.

Há muitas dúvidas e por vezes inseguranças tanto por parte dos pais como das crianças. Como irá reagir? Será que se vai adaptar? É todo um novo mundo e é normal surgirem todas estas questões. É o teu caso?

Vou então partilhar 11 dicas para facilitar a adaptação ao jardim de infância:

1 – Opta por deixar a criança apenas meio tempo (até à hora de almoço) se tiveres essa opção. À medida que a criança se vai ambientando este período de tempo vai sendo alargado.

2 – Conversa com a criança e explica-lhe como vai ser o dia dela para que saiba com o que contar e sinta maior segurança.

3 – Se não foi feito previamente, mostra à criança as instalações no primeiro dia.

4 – Não mintas! Se só a vais buscar ao final do dia não digas que “já vens”. Explica a rotina, os momentos do seu dia e em que momento a vais buscar (por exemplo: “agora vou trabalhar e tu vais divertir-te e brincar muito com os teus amigos. Depois vais almoçar e depois de brincares mais um pouquinho eu chego e podemos ir/fazer…”)

5 – Se houver essa possibilidade, fica algum tempo na sala com a criança para uma adaptação gradual.

6 – Faz uma despedida calma e sem pressas. Se for necessário sai de casa com mais tempo de antecedência para poderes dedicar um pouco mais a este momento.

7 – Não saias quando a criança está distraída. Pode fazer com que se sinta abandonada e despertar sentimentos de desconfiança.

8 – Após a despedida segue o teu caminho sem voltar atrás! Vai ser difícil nos primeiros tempos se a criança ficar a chorar mas gradualmente ganhará a confiança necessária para te dar um beijo de despedida e seguir para junto do grupo.

 

9 – Possibilita que a criança leve consigo um objeto de que gosta (um boneco, um pano/fralda, um jogo/brinquedo). Esse objeto permite uma transição gradual entre o espaço conhecido e o novo ambiente – daí serem chamados de objetos de transição.

10 – Criem um símbolo de ligação entre vocês para que a criança possa ter uma referência familiar durante o dia (uma pulseira, uma “tattoo”, uma t-shirt igual que usam nesse dia, um lenço…)

11 – Lê à criança histórias sobre o jardim de infância. Encontras várias mas hoje deixo esta como recomendação: “Matilde vai para o Jardim de Infância”.

NOTA: Todas as crianças, todas as famílias, todas as instituições e todos os profissionais são diferentes. É importante perceber e adaptar às circunstâncias 🙂

Podes também gostar destas sugestões de leitura para outros momentos!